Portal de Conferências da UFSC, XII Simpósio de Práticas de Engenharia Geotécnica da Região Sul

Tamanho da fonte: 
Investigação geotécnica de solos arenosos com o DMT Sísmico
Breno Padovezi Rocha, Jhaber Dahsan Yacoub, Roger Augusto Rodrigues, Heraldo Luiz Giacheti

Última alteração: 2019-10-11

Resumo


Para a caracterização geotécnica do subsolo é necessário definir o perfil do subsolo, a posição nível d´água e os parâmetros geomecânicos necessários para cada projeto. Os ensaios de campo têm grande aplicação para essa finalidade, e dentre eles, o ensaio de dilatômetro sísmico (SDMT) vem sendo empregado, pois é robusto, rápido, econômico e permite definir o perfil do subsolo quase continuamente. Este artigo apresenta e discute os resultados de ensaios SDMT realizados nos campos experimentais de Bauru-SP e de Araquari-SC. O perfil do subsolo e os parâmetros de resistência e de deformabilidade foram comparados com valores de referência determinados em laboratório. As diferenças de comportamento, bem como a aplicabilidade do SDMT para estimativa de parâmetros de projeto nesses dois campos experimentais, um de evolução pedogenética e outro sedimentar, são discutidas valorizando a importância da gênese desses materiais.

Palavras-chave


Investigação do subsolo; Ensaios de campo; Solo arenoso; Gênese; SDMT.

Texto completo: PDF