Portal de Conferências da UFSC, XII Simpósio de Práticas de Engenharia Geotécnica da Região Sul

Tamanho da fonte: 
ESTUDO DA RESISTÊNCIA DE INTERFACE ENTRE SOLO RESIDUAL DE ITABIRITO E NATA DE CIMENTO ATRAVÉS DE ENSAIOS DE LABORATÓRIO
Stefania Darold, Felipe Gobbi, Nicolas da Fonseca, Gabriel Matielo

Última alteração: 2019-10-11

Resumo


O estudo da adesão solo x nata de cimento é de especial importância para a técnica de estabilização de taludes denominada solo grampeado. Esta técnica consiste basicamente na inserção de grampos (barras de aço) na massa (solo/rocha) que deve ser estabilizada, associados ao faceamento de concreto projetado ou de telas metálicas de alta resistência. A resistência ao cisalhamento na interface do solo com o grampo (qs), ainda não tem um comportamento completamente compreendido, pois as distribuições das forças no comprimento dos grampos não são uniformes. O qs interfere diretamente no comprimento dos grampos, logo, na segurança e economia da obra, por isso a relevância do estudo do mesmo. A determinação desse parâmetro é feita somente com ensaios de arrancamento realizados em campo, normalmente após o início da obra e seus resultados são usados para uma readequação de projeto. Uma tentativa de utilização de ensaios de cisalhamento direto de interface em laboratório para estimativa de Qs foi desenvolvida neste trabalho, e através das envoltórias de ruptura foram obtidos valores para o ângulo de atrito interno e coesão dessa interface. Foi possível perceber um incremento de resistência ao cisalhamento nos ensaios realizados na interface solo – nata de cimento em relação aos ensaios realizados somente com o solo, isso se dá pela adesão da nata no solo. O solo em questão é composto por itabiritos, hematitas e filitos, possuindo um qs entre 100 kPa e 300 kPa, os valores de qs encontrados a partir do método de laboratório são próximos as 125 kPa. Ainda são necessários desenvolvimentos para se propor uma correlação, mas os resultados preliminares são promissores.

Palavras-chave


Solo grampeado; ensaios de cisalhamento direto; interação solo x nata de cimento.

Texto completo: PDF