Portal de Conferências da UFSC, ENANCIB 2019

Tamanho da fonte: 
A INFORMAÇÃO POR MEIO DA TATUAGEM: CONSTRUÇÃO SOCIAL E ATEMPORAL
Patricia Reis M. Sales, Zeny Duarte

Última alteração: 2019-10-14

Resumo


Apresentar-se-á resultado da dissertação de mestrado e seus desdobramentos, realizada no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI), da Universidade Federal da Bahia (Ufba). Foi analisada a informação através da tatuagem e a percepção que os sujeitos tatuados têm a partir das enunciações de suas tatuagens. Partindo de uma abordagem qualitativa e descritiva em relação aos objetivos pretendidos, a pesquisa abordou o movimento da informação em uma sociedade totalmente dinâmica articulada com outros elementos informacionais que corroboram para a criação da tatuagem. Foi necessário um entendimento sobre informação, linguagem, imagem e tatuagem para compreensão desse registro considerado temporal. Para a coleta de dados, utilizou-se a entrevista junto a sujeitos tatuados da cidade de Salvador - Bahia. A análise do discurso teve o fito de averiguar as respostas e considerar a percepção que os sujeitos têm a partir das enunciações tatuadas em suas peles, como ditas anteriormente. A pesquisa constatou que a tatuagem demonstra ser um conjunto de informação proveniente de contextos vividos e sociais, uma obra de arte, e evidenciou, ainda, a existência do preconceito em torno dessa “arte em pele”. Dessa forma, a pesquisa teve como intenção ampliar o estudo do objeto informação para além de suportes convencionais e assim fortalecer a consolidação da Ciência da Informação.

 


Texto completo: PDF